Casa, Decoração

Flores para cultivar no apartamento

Decorar a casa com flores é um desejo comum que surge com a chegada da primavera. Mas será que esse item tão colorido pode ser cultivado dentro de um apartamento pequeno? A consultora Hildessandra Francisco atua no ramo há mais de 15 anos e prova que é possível termos um cultivo florido com apenas alguns cuidados. Na semana passada, a especialista realizou um bate papo no Festival da Primavera no Shopping Iguatemi Ribeirão e explicou ao blog como cuidar das plantas conforme cada perfil de morador.

Viajantes: é o tipo de morador que fica pouco em casa e, nesse caso, deve optar por flores suculentas que tenham as folhas gordinhas, tipo o Kalanchoe e o cacto, que são opção muito resistentes. Lembre-se de regar e deixar ao sol antes de partir em viagem.

Home office: o perfil de quem passa boa parte no lar também pode sofrer com plantinhas mais sensíveis. O bonsai, por exemplo, tem grande chance de morrer se, em algum momento, deixar de ser regado na floricultura. A rega ideal deve ser feita sempre ao nascer ou pôr do sol, para que flor não se queime.

Cozinheiros: para florir a cozinha, plantas aromáticas e suculentas, como a pimenteira, são as mais indicadas. Atenção extra: coloque o vasinho no local mais arejado do ambiente, e nunca próximo ao fogão, lembrando que, no caso das aromáticas, é fundamental mantê-las sempre úmidas e, no caso de suculentas, é preciso regar 2x na semana, sem deixar água acumulada.

Românticos: para prolongar a vida das rosas que compõem um buquê, corte aproximadamente 3 cm do caule na diagonal antes de colocá-lo no vaso, e troque a água a cada 48h. Já é possível encontrar conservantes próprios vendidos em saquinhos nas floriculturas; eles ajudam a prolongar ainda mais a beleza das plantas.

Alérgicos: em ambientes menores, a alergia tende intensificar. Opte por flores que não soltam tanto pólen, e nem tenha cheiro, como o lírio.

Prático: dá pra comprar uma florzinha toda linda no… supermercado! Escolha opções que ainda têm botões para abrir, e verifique se não estão murchos ou amarelados, pois isso é um sinal que ele não abrirá. Ao chegar em casa, retire qualquer plástico ou embalagem e regue a planta, seguindo os procedimentos que vêm na embalagem, lembrando que cada espécie requer uma rega diferente.

Toda planta deve ficar em locais com luminosidade, mas se oriente pela embalagem se deve receber luz direta ou se é um lugar assombreado.

Dica para rega: se a flor tiver a folha gordinha, é sinal que ela retém água e a rega deve ser maneirada. Se não, pode mantê-la úmida.

E sabe aquela história de que precisa ter “mão boa” para a planta florescer? Hilde garante que não é mito: “A flor é um ser vivo, tem sentimentos e absorve as boas e más vibrações, e isso interfere diretamente para que ela se desenvolva ou não”, explica a especialista.

Previous Post Next Post

You Might Also Like

Seja o primeiro a comentar!

Deixe seu comentário