publieditorial

Cerveja artesanal combina com que?

No país do samba, futebol e cerveja, onde grande parte da população simplesmente AMA um happy hour, o consumo de cerveja artesanal está cada vez mais ganhando novos adeptos.
Degustar uma cerveja artesanal é como degustar um vinho. Em termos leigos, não é só beber; precisa observar a cor, apreciar o aroma, a textura, além de escolher o prato para harmonização perfeita.
Parece frescura? Pois sabia que tem muita gente abandonando as cervejas mainstream (aquelas que a gente leva no churrasco) e se inserindo cada vez mais no mantra “beba menos, beba melhor”.  Há ainda pessoas que não gostam de cerveja, mas ao experimentar uma cerveja artesanal, tem a opinião reformulada e se torna um consumidor assíduo.
Não sou nenhuma especialista em cerveja, longe de mim achar que sou. Este cargo eu deixo pra bonita Bia Amorim, sommelier famosa aqui em Ribeirão Preto, que iniciou sua paixão pelas brejas lá na Cervejaria Colorado, nossa queridinha da cidade!
Quando comecei a apreciar cervejas artesanais, sabia pouquíssimo (quase nada) sobre este universo saboroso. Errei nas escolhas, odiei algumas, amei outras e fui pesquisando sobre como beber melhor. 
Daí que eu aprendi uma coisa: o acompanhamento da cerveja é tudo, minha gente.
Sorvete com bolo combina, não é? Então preciso combinar a cerveja com o prato certo.
Existem mais de 120 tipos de cervejas artesanais, mas para salvar sua vida vamos explorar as mais consumidas pelos brasileiros, as mais fáceis de encontrar.
Bora lá?
Pilsen
Família: Lagers (baixa fermentação)
Características: tons marcantes de lúpulo, como aroma floral e amargor.
Sabor: acentuado no malte (lembra pão e biscoito tostado).
Cor: varia de amarelo claro ao dourado escuro.
Harmonize com: queijo brie, aperitivos, aperitivos, carnes vermelhas, defumados e pratos orientais.
Bock
Família: Lagers (baixa fermentação)
Características: o lúpulo equilibra a doçura do malte
Sabor: notas de caramelo
Cor: varia do cobre à marrom escuro.
Harmonize com: salsichas, pretzels e mostarda.
Bitter Ale
Família: Ales (Alta fermentação)
Características: tipicamente inglesas
Sabor: grande presença de malte, lúpulo e, em algumas ocasiões, frutado.
Cor: varia do amarelo claro ao cobre escuro
Harmonize com: pratos leves, como saladas, aves ou peixes
India Pale Ale
Família: Ales (alta fermentação)
Características: alto teor de lúpulo
Sabor: lúpulo e malte em evidência e teor alcoólico mais elevado
Cor: varia entre âmbar claro e cobre escuro
Harmonize com: Bem queijo roquefort e carnes fortes, como carneiro e porco.
Stout
Família: Ale (alta fermentação)
Características: tem o torrado como marca registrada
Sabor: secas, doces, alcoólicas e encorpadas
Cor: escura
Harmonize com: queijo parmesão, ostras, mariscos, crustáceos e chocolate.
WeissBier
Família: Ales (alta fermentação)
Características: tem aroma que lembra cravo ou banana
Sabor: doce, cítrico, banana, cravo, baunilha
Cor: amarelo claro ao dourado escuro
Harmonize com: queijos de cabra, frios, defumados, pratos alemães e apertivos.

Este post é oferecido pelo Sr. Lúpulo, um empório de Franca pra lá de bacanudo que oferece cervejas do mundo todo.
Conheça mais em: https://www.facebook.com/srlupulorocks
Previous Post Next Post

You Might Also Like

Seja o primeiro a comentar!

Deixe seu comentário